O DevOps surge para além das metodologias ágeis e de mudanças em engenharia e arquitetura. Suas práticas pregam colaboração contínua, automação e transparência. Com o passar do tempo, no entanto, se fortaleceu a inclusão e colaboração da segurança no ciclo continuo, dando origem ao DevSecOps.

Com a segurança sendo distribuída em todas as atividades da TI, o DevSecOps chegou para corrigir um problema bastante comum nas empresas.

Você sabia, por exemplo, que um levantamento feito do Enterprise Strategy Group – ESG sobre a colaboração entre profissionais de segurança e desenvolvimento o cenário mostrou o seguinte:

  • 48% dos respondentes levam códigos vulneráveis para a produção por pressão de tempo;
  • Programas de treinamentos em segurança para desenvolvedores são irregulares;
  • A proliferação de ferramentas afeta a governança.

Outro levantamento feito pela Oracle com a KPMG mostra, ainda, que 66% das pessoas que responderam ao questionário e que planejam usar ou estavam interessados em usar DevOps não consideravam ter integrado a segurança às suas práticas.

Neste terreno fértil para oportunidades e carente de segurança é que surgiu o DevSecOps. Ele é uma resposta natural à demanda por atualizações mais velozes e constantes nas empresas.

Quer entender melhor como surgiu o DevSecOps e como ele se difere do DevOps? A seguir, nós te explicamos!

O que é DevSecOps?

DevOps e DevSecOps

hnz-consultoria-e-treinamentos-blog-o-que-e-devsecops

O termo DevSecOps, com suas siglas traduzidas, indica “Desenvolvimento, Segurança e Operação” e trata da segurança da informação integrada a todos os níveis e ciclos de sua aplicação.

Com a automatização de todos os processos de segurança, o fluxo de trabalho não fica lento. Para isso, é importante, ainda, selecionar as ferramentas adequadas e implementar a nova cultura DevOps dentro da organização.

O modelo DevSecOps é bastante útil, por exemplo, para evitar o lançamento de software com armadilhas que abram espaço para violações. Isso porque ele identifica as vulnerabilidades de segurança nas primeiras etapas do ciclo de desenvolvimento, no planejamento, no projeto e na codificação.

Qual é a diferença entre DevSecOps e DevOps?

O DevSecOps(Desenvolvimento, Segurança e Operação) é conhecido como uma composição especializada do DevOps, focando ainda mais na segurança, que fica mais compatível com os desafios atuais de proteção.

O DevSecOps é um passo adiante do DevOps. Em vez de somente agregar rotinas de desenvolvimento para atender a critérios de segurança, ele pensa nessas práticas de forma mais estrutural. Seu objetivo é construir um código irrefutável, soluções menos vulneráveis e um monitoramento e controle das soluções mais estáveis.

Qual é a importância de implementar o DevSecOps em uma empresa?

DevOps e DevSecOps

hnz-consultoria-e-treinamentos-blog-qual-e-a importância de implementar o DevSecOps em uma empresa

É imprescindível construir uma cultura que se baseie em segurança, especialmente diante do cenário de transformação digital e de aprovação da LGPD. Com isso, há menos vulnerabilidades e menos problemas que podem comprometer sua reputação.

De forma geral, o conceito de DevSecOps prevê o seguinte:

  • Times de desenvolvimento, operação e testes trabalham de modo integrado;
  • Há a ideia conjunta de que segurança é um problema de todos;
  • Padrões de segurança são considerados por desenvolvedores ao elaborar códigos de aplicações;
  • Segurança é automatizada e, por isso, não gera atrasos na entrega.

Embora seja um passo a mais do DevOps, o DevSecOps demanda dedicação constante para ser implementado. Mesmo após ele estar totalmente incorporado à cultura da empresa, o modelo deve ser aprimorado com frequência para estar alinhado às mais modernas práticas de segurança.

Benefícios de implementar o DevSecOps 

Estudos indicam que times maduros em DevSecOps conseguem identificar vulnerabilidades três vezes mais cedo e testar em um nível de 91% a 100% de código.

Outras vantagens incluem:

Integrar controles de segurança no conjunto de ferramentas de integração e entrega contínua;

Alto nível de colaboração entre profissionais de desenvolvimento, infraestrutura, produto e cibersegurança;

Maior eficiência operacional e automação, aumentando a velocidade de entrega de novas aplicações e funcionalidades;

Alinhamento às regulamentações do setor;

Maior cobertura e efetividade dos processos de segurança;

Mais qualidade de software;

Menores ciclos de testes;

Menor débito de segurança, consertando bugs assim que eles surgirem.

Desafios para implementar o DevSecOps em uma organização

DevOps e DevSecOps

hnz-consultoria-e-treinamentos-blog-desafios-para-implementar-o-devsecops-em-uma-organizacao

Embora seja parecido com o DevOps, o DevSecOps traz alguns desafios em sua implementação. Por isso, é importante que todos os times estejam alinhados em função do mesmo objetivo.

Os principais entraves no momento de implementar o DevSecOps são:

1. Diferentes métricas e objetivos

Boa parte dos profissionais de segurança afirmam que ainda têm dificuldades para fazer com que desenvolvedores priorizem o ajuste de vulnerabilidades. Entretanto, os desenvolvedores acreditam que escrevem códigos seguros.

Esse tipo de problema está enraizado no tradicional design organizacional, que divide ferramentas, responsabilidades, times e processos. Com isso, há objetivos diferentes, impedindo os envolvidos de colaborar.

2. Habilidades conflitantes

Grande parte dos engenheiros não tem expertise em segurança, assim como a maioria dos profissionais da segurança tem pouco conhecimento dos processos de desenvolvimento, liberação, operação, ferramentas, etc.

Para implementar o DevSecOps, essa barreira deve ser quebrada. Os grupos devem se complementar com as habilidades um do outro.

3. Riscos de arquitetura

No caso de arquiteturas como serverless, microsserviços e cloud, embora o provedor seja responsável pela segurança, a preocupação não é eliminada.

4. Grande número de ferramentas

A proliferação de ferramentas tem gerado dificuldades em gestão e integração. Isso pode gerar atrasos no ciclo de desenvolvimento, além de dificuldade de tirar proveito dos achados das ferramentas. A efetividade do DevSecOps pode ser afetada por isso, se não houver um controle rígido sobre essas ferramentas.

Curso DevSecOps e DevOps

Quer se tornar um especialista no assunto? Clique aqui e conheça nossos cursos sobre DevSecOps e DevOps e alavanque sua carreira com o que há de mais novo no mercado!

HNZ

HNZ

One Comment

Leave a Reply