Motivação: O Scrum é uma das práticas mais utilizadas quando falamos de metodologias ágeis. Além de ser um framework fácil de entender, é ao mesmo tempo, difícil de aplicar. Por isso mesmo, gera muitas dúvidas sobre sua função e objetivos.

O Agile é um movimento que originalmente focava no desenvolvimento de softwares,  utilizada por grande parte das companhias, já que é muito alinhada as demandas do mercado. Para elevar a qualidade dos projetos e reduzir o tempo de desenvolvimento, ele se desdobra em metodologias, como o Scrum.

Dúvidas frequentes sobre a metodologia Scrum

Há muitas dúvidas sobre a aplicabilidade do Scrum, o que esperar desse framework e como ele pode ser aplicado ao dia a dia das empresas. Por aprimorar o trabalho de desenvolvimento de projetos de alta complexidade, atendendo aos requisitos do cliente com o máximo de confiabilidade, é importante entender bem essa prática.

Para eliminar qualquer incompreensão sobre o Scrum, a seguir, listamos as 6 dúvidas frequentes sobre a metodologia. Vale conferir!

1. Por que é importante adotar o Scrum como um método ágil nas empresas? Quais são os benefícios?

Esta é uma das dúvidas mais frequentes em relação ao Scrum, desenhado para aprimorar o desenvolvimento de projetos de alta complexidade. Quando uma empresa adota essa metodologia, ela tem benefícios como:

  • Maior qualidade do produto;
  • Mais aderência aos requisitos do cliente;
  • Maior poder de adaptação às mudanças necessárias ao longo do projeto;
  • Flexibilidade para executar e implementar novas funcionalidades;
  • Mais eficiência do time de projetos;
  • Entregas frequentes e funcionais ao longo do projeto;
  • Comunicação mais clara, objetiva e transparente entre os envolvidos;
  • Mais satisfação do cliente com os resultados finais.

É claro que esses são alguns dos benefícios de adotar o Scrum, porém, os resultados dependem das necessidades de cada empresa e de como a metodologia será adotada e adaptada.

2. Quem pode atuar no desenvolvimento de projetos com Scrum?

O time que for adotar esse método Agile para aprimorar o desenvolvimento de projetos deve ter pleno conhecimento das melhores práticas de Scrum, e as certificações de mercado, ajudam muito a incorporar mais rapidamente os conhecimentos em métodos ágeis (ASF da EXIM ou a certificação PMI-ACP do PMI).

Isso porque o profissional certificado conhece os requisitos mínimos exigidos para o desenvolvimento de projetos ágeis e a empresa, por outro lado, tem mais segurança sobre a qualidade do serviço que está sendo desenvolvido.

3. Como gerenciar prazos e data final em projetos Scrum?

O framework  Scrum permite que se tenha uma visão de data final por meio do “burndown chart”. O prazo, no entanto, vai sendo modificado ao longo da execução do projeto e o Scrum Master precisa garantir o cumprimento dessas datas em cada Sprint.

Uma forma de ter datas mais alinhadas à realidade é dimensionar os sprints (mais curtos, mais longos, com maior ou menor quantidade de entregas ou de sprints).

Quando se priorizam requisitos, geram-se sprints, que são blocos de tempo para que sejam implementados. Assim, pode-se planejar e acompanhar o prazo do projeto de acordo com o tamanho do backolog e suas estimativas.

Por exemplo: se existem 11 sprints de um mês, o projeto levará cerca de 11 meses para ser concluído. No caso de alterações de requisitos que aumentem ou reduzam os sprints, basta projetar seu impacto até o final do projeto.

4. Como estimar os custos de um projeto Scrum e como fazer contratos?

O custo de um projeto geralmente é calculado por custos de sprints, que são estimadas por meio de estimativas  (custo da sprints multiplicado pelo total de sprints, que é derivado do total de esforço do backlog dividido pela velocidade estimada do time por sprint).

Na estimativa de pontos e horas, podem ser implementados métodos comparativos como estimativa análoga, tamanho de camisetas e planning poker.

5. É obrigatório ter uma equipe máxima de 12 pessoas no Scrum?

Em teoria, o máximo de integrantes para uma equipe Scrum deve ser de até 12 pessoas, incluindo o Product Owner e o Scrum master. Isso porque esse número facilita a integração da equipe e oferece agilidade.

Além disso, é ideal que um projeto grande seja quebrado em projetos menores e menos complexos. Porém, se mesmo assim a equipe for maior, é recomendável aplicar o Scrum of Scrums, modelo escalado.

Outro ponto importante é que as pessoas devem estar no mesmo ambiente. Se isso não for possível, reuniões diárias são indicadas para que todos estejam juntos.

Cabe ao Scrum Master acompanhar o escopo, alocar a equipe, puxar o ritmo de trabalho e mediar conflitos. Ele, ainda, é um líder-servo, ajuda a eliminar impedimentos.

6. É possível usar Scrum e PMBOK ao mesmo tempo?

Scrum e PMBOK têm muitas diferenças. Isso porque o Scrum utiliza um conjunto de princípios para controlar escopo, prazo e qualidade de forma ágil. Para tanto, estabelece regras, artefatos e papeis para que as equipes tenham melhor desempenho.

Já o PMBOK tem uma proposta diferente, pois coleta boas práticas e as associa a grupos de processo e áreas de conhecimento. Ele mescla informações, técnicas e processos, que podem ser aplicados a projetos de qualquer tamanho, tipo e em qualquer cenário.

O uso de ambos em um projeto é possível, o que é chamado de projetos híbridos, mas devem ser observados alguns pontos, tais como:

  • O Termo de Abertura pode ser simplificado com um canvas;
  • A Declaração de Escopo e a EAP serão substituídas pelo Product Backlog;
  • O gerenciamento do tempo será feito em time-boxes e não com técnicas de PERT/CPM, utilizará o Sprint Backlog e não um cronograma;
  • Custos poderão ser gerenciados apenas pelas estimativas de pontos por histórias, somando o total do backlog, e determinando quantas sprints são necessárias para abordar todo o backlog;
  • Product Owner gerencia o projeto, ao passo que o SM gerencia o andamento de acordo com o Scrum.

Podemos ter partes de um projeto preditivo (modelo cascata), sendo executadas de maneira adaptativa (scrum).  Isso nos permite conviver com partes do projeto que podem ser mais complexos, que precisam ser abordados de maneira a ter um feddback rápido para avaliar decisões da sua evolução, com pouco investimentos de execução de projeto. Aí a agilidade apresenta boa soluções.

Solucionar dúvidas e entender o Scrum da melhor forma é essencial para extrair o máximo de benefícios dessa metodologia ágil. Vale a pena aprofundar conhecimentos sobre essa prática e colher os resultados na sua empresa!

Curso Scrum Master

Este é um curso completo para você conhecer os fundamentos do Scrum e práticas ágeis que complementam o Scrum. O curso vai lhe fornecer uma formação essencial para atuar em qualquer papel em um time ágil, incluindo o de Scrum Master. Tudo o que você aprender aqui poderá ser colocado em prática facilmente. Além disto, este curso é engloba todo o conteúdo que o candidato precisa saber para passar no exame ASF.

Para mais informações sobre o treinamento clique aqui!

HNZ

HNZ

Leave a Reply